O Ozônio e a Ozonioterapia: a importância de uma visão mais abrangente
  • Oxipower

O Ozônio e a Ozonioterapia: a importância de uma visão mais abrangente

Atualizado: 9 de Ago de 2018


Ozônio e a ozonioterapia

Na quinta-feira, dia 6 de julho, a Rede Globo fez uma chamada de uma reportagem especial sobre ozonioterapia que veicularia no programa Fantástico, no domingo.


Eu, particularmente, sou um entusiasta do ozônio, leio muito sobre o assunto e utilizo na prática para várias finalidades há mais de 10 anos, por isso fiquei muito interessado. No domingo, dia 8, me planejei e assisti o programa desde o início na expectativa da reportagem sobre ozonioterapia.


Confesso que fiquei frustrado e um tanto aborrecido pela forma insuficiente e rasa com a qual foi abordado esse assunto. Ozônio e a ozonioterapia são temas mais amplos, rico em conteúdo e que devem ser explorados de forma responsável.


Eu não sou um profissional da área da saúde, portanto não sou especialista e também não quero questionar os médicos que se pronunciaram na reportagem. O que não me impede de perceber a forma parcial ou pelo menos descompromissada com a qual produziram esta reportagem.


Entrevistaram um senhor – um médico - que não conhece muito ou simplesmente não soube se expressar, não comunicando absolutamente nada sobre o assunto. Inseriram outro mais jovem e de boa pronuncia que disse não conhecer nenhuma publicação sobre o tema, sendo que existem centenas disponíveis, inclusive no Google Acadêmico que é uma ferramenta de pesquisa específica, trabalhos acadêmicos, jornais de universidades e artigos variados.


Além de ser uma terapia amplamente utilizada em diversos países da Europa e Ásia. Eu mesmo já visitei algumas clínicas na Espanha que utilizam o ozônio, através da ozonioterapia para diversos fins estéticos, relaxantes e terapêuticos, tratamento e prevenção de diferentes tipos de doenças.


A Espanha é autoridade no assunto, sendo autora da Declaração de Madrid, que é o único documento global sobre a terapia médica de ozônio, utilizado como referência, orientação e aplicação em diversos países. Atualmente a Declaração de Madrid está traduzida em treze línguas, incluindo o Português.


Meu objetivo não é fornecer nenhum aconselhamento, diagnóstico, prescrição ou reivindicar nenhum tipo de cura para qualquer tipo de doença. Pelo contrário, sou adepto, e, reforço o conceito de que qualquer tipo de tratamento médico deve ser realizado sob orientação e acompanhamento de profissionais especializados.


Mas esta consciência e posicionamento não me impede de compartilhar alguns fatos incontestáveis, que inclusive são de domínio público.


O ozônio é um potente agente bactericida, germicida e fungicida, sendo adequado para tratar e prevenir inúmeras enfermidades.


Apesar de existirem protocolos para tratamento de doenças como Hepatite, AIDS e Câncer eu confesso que nunca me aprofundei nestas aplicações inclusive porque são mais complexas e referem-se a ozonioterapia com administração intravenosa (injeção com agulhas), a qual eu não tenho nem conhecimento, nem coragem para realizar. E como escrevi anteriormente me posiciono como um pesquisador não profissional sobre o ozônio e a ozonioterapia, que há 10 anos utilizo na prática.


Por outro lado, existem inúmeras formas de utilização do ozônio e diferentes formas de ozonioterapia. A hidro-ozonioterapia é um exemplo muito conhecido, amplamente utilizado e que garante resultados fantásticos com ampla comprovação inclusive com estudos e artigos científicos realizados com apoio de entidades reconhecidas.


A hidro-ozonioterapia consiste em utilizar água ozonizada em contato com a pele, através da imersão de um membro (o braço ou a perna por exemplo) em um recipiente (algo parecido com um balde) ou até mesmo banheiras. A água ozonizada assume os benefícios do ozônio – potente bactericida, germicida e fungicida – tratando de inúmeras doenças de pele e couro cabeludo, além de ter ótimo efeito para acelerar a cicatrização.


Também já utilizei a água ozonizada para tratar alergias e irritações nos olhos – inclusive da minha filha de 5 meses – e para higienização bucal.


Também é importante lembrar que a ozonioterapia é muito utilizada na odontologia, sendo reconhecida oficialmente pelo CFO – Conselho Federal de Odontologia – que reconhece a ozonioterapia como uma excelente alternativa antisséptica – muito indicada para o combate a infecções e inflamações.


Eu fiz um tratamento de canal com a aplicação de ozônio para sanitização.

O ozônio tem sido amplamente utilizado, devido suas características para muitas aplicações com resultados comprovados e inquestionáveis que resultam em saúde e bem estar. O simples fato de sanitizar água, alimentos, objetos e utensílios já nos traz melhores condições de saúde.


Algumas aplicações do ozônio:


· Purificação de água para beber e cozinhar;

· Sanitização de frutas, verduras e legumes;

· Eliminação de odores indesejados na cozinha, banheiro e geladeira. Também tenho visto em alguns restaurantes que tem problema com cheiro de fritura e gordura.

· Elimina odores cigarros;

· Elimina odores, fungos e sanitiza ar-condicionado do carro;

· A água ozonizada combate ao mau hálito;

· Ótimo para banhar os animais de estimação (cães e gatos) e também desinfetar os ambientes onde eles ficam (canil, por exemplo).

· Tratar a água de aquários.


O ozônio com suas diversas aplicações traz inúmeros benefícios para a saúde humana, com praticidade e baixo custo. E amplamente pesquisado e utilizado mundo a fora, e é justamente por isso que não pode ser tendenciosamente ou irresponsavelmente destratado e diminuído.


A imprensa deve ser responsável e isenta, trazendo informação de qualidade para o público. É certo apresentar e denunciar sensacionalismos, mas também é dever contextualizar os fatos para garantir veracidade e evitar distorções.


Este texto tem como objetivo compartilhar um pouco da minha experiência, obtida através de testes práticos e leituras. E incentivar as pessoas a pesquisarem um pouco sobre o ozônio e seus benefícios.


VEJA MAIS


Assista a matéria sobre Ozonioterapia veiculada pelo SBT, no programa Silvio Santos:





308 visualizações

© 2018 por VA90 (Vinícius Affonso)

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco